MARKETPLACE-glossario

Por estar inserido dentro de um segmento, o e-commerce carrega um vocabulário bem particular de termos, agrupando palavras do mundo dos negócios e com uma grande influência do marketing digital, que em sua maioria são expressões em inglês. No entanto, falando especificamente sobre Marketplaces, modelo de negócio que apresenta o maior crescimento dentro do segmento, existem outros tantos termos técnicos que costumam fazer parte da rotina dos profissionais do setor.

Para facilitar esse entendimento, preparamos um glossário com algumas das expressões mais utilizadas e que precisam estar na ponta da língua dos gestores que buscam ter suas lojas vendendo nos principais players do mercado. Vamos começar com a definição exata de Marketplace, seguida pelos outros termos em ordem alfabética. Domine cada uma dessas palavras:

Marketplace

marketplaceO termo “Marketplace” é a união das palavras inglesas “Market”, que significa Mercado e “Place”, que significa lugar. Ou seja, o Marketplace é um lugar onde produtos são comercializados. E esse lugar pode ser físico ou virtual.

Um shopping center é um bom exemplo de Marketplace físico, pois você consegue encontrar e comprar tudo o que precisa em um mesmo local. No mundo digital não é diferente, existem diversos marketplaces virtuais, sendo um modelo de negócio onde marcas (veja a descrição abaixo) com alto tráfego – como Americanas, Submarino e Shoptime, por exemplo – disponibilizam espaço para diferentes perfis de lojistas anunciarem seus produtos dentro dos seus sites.

– Veja aqui mais informações sobre Marketplace e seu funcionamento –

API

apiAPI vem do inglês, sendo a abreviação de Application Programming Interface e podendo ser traduzida como Interface de Programação de Aplicativos. Resumindo, APIs são instruções ou padrões de programação para acesso a um aplicativo de software ou plataforma baseada na web, possibilitando uma conexão entre diferentes sistemas.

No Marketplace, é por onde os sellers (veja a descrição abaixo) podem integrar diretamente a sua loja para que todos os fluxos – cadastro de produtos, preço, estoque e pedidos – sejam produzidos automaticamente.

Buybox

buyboxPodendo ser traduzida literalmente do inglês como “caixa de compra”, seu significado vai muito além disso. Buybox é o que toda loja presente inserida em algum Marketplace deseja conquistar: o espaço onde é dado maior destaque à loja que vende dentro desse modelo de negócio. Nele é apresentado o vendedor que, dentro dos critérios estabelecidos pelo Marketplace, se destaca dos concorrentes – o que aumenta as chances de conversão.

Apesar de existirem muitas lojas dentro de cada Marketplace, apenas uma delas é destacada como a principal vendedora de um determinado produto. Por isso esse posicionamento é tão desejado.

– Saiba aqui quais são os critérios mais comuns para ganhar o Buybox – 

Canal (ou Marca)

canal-marketplaceO mercado apresenta algumas opções de Marketplaces, cada um deles com seus canais. Por exemplo, a B2W (empresa de comércio eletrônico criada pela fusão entre Submarino, Shoptime, Americanas.com) possibilita a inserção de produtos em cada um desses três canais.

Sendo assim, os canais são as plataformas onde os Marketplaces podem ser acessados. Além desses dados como exemplo, existem outras opções no mercado, inclusive que se dividem por nichos.

EAN

eanSigla para European Article Number. o EAN é um código de barras de 13 dígitos utilizado em todo o mundo para descrever os produtos de forma padronizada. Esse dado traz informações sobre a origem dos produtos, verificando sua legitimidade e facilitando o processo de subir esses itens para iniciar as vendas.

O EAN não é adotado apenas no Canadá e na Europa, onde se utiliza o código UPC, ou Universal Product Code, de 12 dígitos.

Integrador de Marketplace

hub-marketplaceTambém chamado de Marketplace Hub, os integradores são ferramentas que auxiliam empresas a incorporarem seus negócios aos principais Marketplaces do mercado. Elas facilitam desde a integração até os processos de gestão, como o controle de estoque, gerenciamento de preços e inclusive tabelas de frete.

Sua missão é garantir que tudo esteja sempre atualizado, independentemente em que canal você tenha vendido.

Match

match-marketplaceMatch é o processo automático para validar a compatibilidade entre o cadastro do item enviado pelo vendedor e a base já existente do Marketplace. A finalidade é agrupar anúncios iguais na mesma página de produto.

No caso da integração do marketplace, o uso do termo é bastante comum e sugere que há um “encontro” (match em inglês) de informações cadastrais e aplicadas pelo sistema, nesse caso o cruzamento de informações do lojista com o padrão de informações fornecido pelo Marketplace.

Monitoramento de Marketplace

monitoramentoO monitoramento de Marketplace é a forma utilizada pelos lojistas para acompanhar os resultados ao vender nesses canais, sendo uma estratégia para identificar as estratégias de preço e posicionamento da concorrência. Ele permite que se tenha uma boa ideia de quantas lojas estão concorrendo com ele e quantas delas possuem um posicionamento melhor por preço.

O WebPrice Marketplace é uma ferramenta que oferece esse serviço, monitorando também quem está no buybox que as empresas desejam conquistar.

– Veja mais informações aqui –

Sellers

marketplace-sellerO termo, já utilizado acima, corresponde aos vendedores que expõem seus produtos dentro do Marketplace. Tecnicamente, essa é a nomenclatura oficial e que é utilizada por alguns dos principais players do mercado.

Podemos afirmar que em um único Marketplace existem milhares de sellers que vendem os mesmos produtos e disputam a atenção dos consumidores online.

SKU

skuAbreviação para Stock Keeping Unit, em português, Unidade de Manutenção de Estoque. Trata-se do código que apresenta, de maneira individual, cada um dos produtos que a loja possui em estoque. Esse termo é muito utilizado na hora de subir produtos para o Marketplace.

A partir do envio, o Marketplace avalia item por item dos produtos que foram enviados e aprova aqueles que poderão ser vendidos por ele de acordo com os critérios de cada plataforma.

Target

targetÉ o público-alvo dentro do Marketplace. As lojas que têm um target focado em esportes podem se beneficiar ao estar em Marketplaces que buscam alcançar esse nicho. Portanto, definir bem o seu target é uma das dicas para tornar o seu negócio conhecido.

Esse glossário mostra alguns dos termos mais comuns para quem já está ou pretende estar em um Marketplace. Ao entender melhor cada expressão, a compreensão sobre o segmento fica melhor e facilita o trabalho de cada gestor, proporcionando um conhecimento maior sobre o conteúdo produzido sobre o mercado.

Você ainda tem alguma dúvida sobre as palavras explicadas acima ou alguma outra relacionada ao e-commerce ou Marketplace? Deixe nos comentários e vamos te ajudar a se sentir mais confortável para entrar e impulsionar suas vendas com esse modelo de negócio.

Redação do Portal WebGlobal

Deixe um comentário

Fale conosco

+55 51 3276-6485

+55 11 97670-5858

Envie um e-mail

Av. Dr. Nilo Peçanha, nº 1851, Conjunto 301 - Bairro Três Figueiras Porto Alegre, RS - Cep 91330-000

Veja no mapa

AxiomThemes © 2020. All rights reserved.